“Não acreditam na palavra de um gay”, diz MC Maylon sobre acusação de estupro

Funkeiro acusa Anderson Leonardo, vocalista do Molejo, de violência sexual

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O funkeiro MC Maylon concedeu nesta segunda-feira (22) entrevista exclusiva ao programa Fofocalizando, do SBT, a respeito da acusação de estupro que move contra Anderson Leonardo, vocalista da banda Molejo.

Ele deu detalhes de como teria sido ludibriado por seu padrinho artístico para, sob o pretexto de uma reunião de trabalho, acompanhá-lo a um motel, onde a violência sexual teria sido consumada.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ele [Anderson] tirou a blusa – achei que era pra ficar à vontade, até ele nunca tinha feito nada disso comigo. E aí começou a me agredir. Deu na minha cara, puxou meu cabelo…“, descreveu.

Maylon também negou que, ao contrário do que atestam áudios de sua suposta autoria que circulam na internet, era virgem até o incidente do estupro.

Na verdade, uma amiga da irmã do Anderson pegou esses áudios meus e botou aí na mídia. Mas isso não adianta em nada. Estupro é estupro, não é? Eu falei que eu era virgem, era sim, estou tentando comprovar isso. Estou precisando de um proctologista, na área da saúde, que me avalie direitinho“, declarou o cantor.

Maylon acredita que sua orientação sexual dificulta-lhe a empatia da opinião pública. “Por eu ser gay é pior ainda. As pessoas não acreditam na palavra de um gay. Tudo que eu pude fazer para comprovar eu fiz. Não quero dinheiro do Anderson, não quero nada dele, eu só quero mostrar minha dignidade“, acrescentou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio