Nany People fala sobre o rótulo de global e afirma: “Não me deslumbro”

Publicado há 2 anos
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sucesso na pele de Marcos Paulo em O Sétimo Guardião, Nany People é só alegria. Figura carimbada nas principais emissoras do país, Nany se diz grata por todas as oportunidades que teve na vida. Dona de uma irreverência sem igual e de uma energia contagiante, a atriz brilhou no Camarote Brahma, no Sambódromo do Anhembi na madrugada de domingo (3). Nany causou tumulto por onde passava. Fãs, curiosos e imprensa cercavam a artista a cada passo. Em conversa com a equipe do Observatório da Televisão ela fala sobre o status de global e dos imbróglios que envolvem os bastidores Da trama de Aguinaldo Silva. Confira:

Leia também: “Não me conecto com isso”, dispara Nany People sobre polêmicas nos bastidores de O Sétimo Guardião

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu estou agradecida a vida pelo que estou vivendo. O status
de global não sobe para a cabeça não. Eu estou com 53 anos de idade. Cheguei na
Globo por causa do meu trabalho. Trabalhei em todas as emissoras, foi tudo por decorrência
de percurso. É bom isso porque você tem o seu currículo para legalizar e
fidelizar isso. Eu não tenho como me deslumbrar. Estou na Globo, mas amanhã
posso não estar mais. É isso!”

Polêmicas de bastidores

 “Tem tanta gente em volta
para que aquilo aconteça. E eu aprendi uma coisa para minha vida, qualquer
assunto, qualquer pessoa, qualquer energia que eu não comungue eu não me conecto.
É como se não existisse.

 Não me ligo naquilo
para não me contaminar. Não me deixo levar por coisas que não tem a menor
importância, não me contamina. Me ligaram perguntando e eu disse que não sei, não
convivo, não estava lá e não troquei fluídos. “

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais