Naná de Segundo Sol, Arlete Salles define atmosfera da novela: “É uma trama brasileira, com aquela trepidação baiana”

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Arlete Salles está prestes a aparecer no ar com mais uma personagem importante. Ela será a Naná, em Segundo Sol, nova novela das 21h da Globo, que estreia em 14 de maio. Escrita por João Emanuel Carneiro, a trama conta a história de Luzia (Giovanna Antonelli) e Beto Falcão (Emílio Dantas), cujo qual será filho da personagem de Salles.

Em entrevista ao Observatório da Televisão, a atriz contou um pouco sobre a atmosfera dessa novela, que não se passa nem no Rio de Janeiro, nem em São Paulo, como a maioria das produções da Globo. “(…) É uma trama brasileira que se passa na Bahia, com aquela trepidação baiana, aquele sol baiano, muita música, e dança. Se de repente parecer até um musical será ótimo já que o protagonista é um cantor de axé”, explicou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Roberta Rodrigues avalia falta de atores negros em Segundo Sol, da Globo, que se passa na Bahia

E ela continuou detalhando: “Os personagens têm um pouco desse jeitinho gostoso de falar do baiano, que para mim é muito difícil, já que sou pernambucana. Mas eu estou indo, dando os primeiros passos”.

Salles, que fez sua última novela em 2015, Babilônia, falou como está sendo esse retorno e, ainda, trabalhar, de novo, com o diretor Dennis Carvalho: “Estou feliz por voltar a trabalhar com o Dennis Carvalho, que é um diretor querido. Ele é o sonho de diretor de qualquer ator, porque ele é ator também, então ele conhece as nossas loucuras, as nossas tristezas, as nossas alegrias, as dificuldades que ele possa perceber com o nosso lidar com o personagem, então é maravilhoso tê-lo como diretor”, concluiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais