Nadja garante que voltaria calma do exílio da Ilha Record, mas Pyong desmente: “Te conheço”

Para ilusionista, ela poderia até agredir alguém

Publicado em 22/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As tretas na Ilha Record acenderam um alerta em Pyong Lee que tentou acalmar suas aliadas Nadja e Antonela. Para ele, isso foi uma tentativa de desestabilizá-las dias antes da Prova em Equipe e com isso, fazer com que elas percam o foco.

Mas ele foi surpreendido por Nadja que foi compreensiva com Mirella, alegando que esse é um comportamento normal para quem estava confinado: “É normal, tava preso lá, tava dormindo de beliche. Até eu ia voltar metralhando se falasse de mim”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas o aliado acredita que a reação seria um pouco mais calorosa: “Não, você ia chegar causando e talvez você batesse em alguém. O lance é, eles estão afobados, estão nervosos à flor da pele. Acabou de voltar de uma prova de três horas” e ela continua garantindo que não: “Mas pra que tretar? Eu ia tomar um banho lindamente e comer”.

Pyong insiste: “Não Nadja, se você voltasse do exílio, você ia tacar fogo nessa casa. Nadja, a gente conhece você, te acompanha há muito tempo. Eu preciso que você seja sangue frio. Preciso que você não exalte sua voz em nenhum momento. Eu preciso que você mantenha a calma, não absorve”.

Confira a cobertura completa de Ilha Record no Observatório da TV e em nosso canal no Youtube

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio