“Nada se compara a você entrar e apresentar o Fantástico”, lembra Carla Vilhena sobre o ápice de sua carreira

Publicado há 2 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A jornalista Carla Vilhena deixou a TV Globo há pouco mais de um ano, após 34 anos de jornalismo na maior emissora de televisão do país. Ela deixou o posto para se dedicar aos filhos e seu blog pessoal, que ela criou em 2016, incentivada por uma jornalista mais jovem.

Na tarde desta terça-feira (02), a jornalista foi convidada do programa Todo Seu, apresentador por Ronnie Von na TV Gazeta, para falar sobre sua carreira. O apresentador comentou o fato de Carla ter começado a carreira aos 16 anos. “Sim, como editora de imagens. Eu comecei trabalhando na área técnica e depois eu entrei na faculdade”, contou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu decidi cursar
jornalismo depois que eu comecei a trabalhar como editora”, revelou
Carla, que logo depois contou detalhes sobre seu trabalho na extinta
TV Manchete. “Quando eu estive na Manchete, eu entrei como repórter
depois de muito batalhar por outras áreas e conseguir essa
oportunidade. A minha decepção foi muito grande, porque eu vi o
fechar das portas”, afirmou.

Com o encerramento das
operações da TV Manchete, Carla Vilhena conseguiu trabalho na Band,
onde ficou por pouco tempo e foi para a TV Globo, onde logo se tornou
apresentadora do Fantástico. “Eu já era relativamente conhecida,
mas nada se compara a você entrar e apresentar o Fantástico. Quando
eu cheguei ao Fantástico, eu cheguei como titular e com Pedro Bial,
que fez história na TV brasileira ”, lembrou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio