Morre Domingos Fraga, Diretor de Jornalismo da Record, vítima da Covid-19

Ele trabalhou por 15 anos no Grupo Record e também foi professor de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero

Publicado em 12/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Morreu na manhã deste sábado (12) Domingos Fraga, um dos diretores nacionais de Jornalismo da Record TV. O jornalista teve complicações da Covid-19 e não resistiu ao tratamento da doença, que o levou a ser internado em um hospital particular de São Paulo.

Com mais de quatro décadas de carreira, ele trabalhava no Grupo Record há 15 anos e começou na empresa como redator-chefe do Jornal da Record. Em setembro do ano passado, foi promovido pela última vez e, novamente na capital paulistana, se tornou um dos principais executivos do setor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Record enviou no fim da tarde deste sábado uma nota lamentando a morte de Domingos Fraga. Confira a íntegra do texto:Com profundo pesar, a Record TV recebe a notícia do falecimento do jornalista Domingos Fraga, diretor de jornalismo da emissora, na manhã deste sábado, 12 de junho de 2021.

Carioca, mas paulista de coração, Fraga tinha 62 anos e sempre foi um apaixonado pelo jornalismo, profissão a que se dedicou por quase quatro décadas. Em sua trajetória profissional, deixou marcas pelas mais importantes redações do país, como IstoÉ e Quem. Também foi professor na Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo.

No Grupo Record, atuou nas redações da Record News, R7 e Record TV. Dentre os cargos que ocupou, foi editor-chefe do Jornal da Record e diretor de redação do R7. Também foi diretor de redação da Record Brasília, onde permaneceu até 2020.

Retornou à capital paulista no ano passado e tornou-se Diretor de Jornalismo da Record TV. Nossa solidariedade e os mais sinceros sentimentos à família e aos amigos do nosso querido Domingos Fraga.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio