Luto

Morre, aos 73 anos, o cartunista Paulo Caruso, que trabalhava no Roda Viva da TV Cultura

O profissional trabalhava no programa da TV Cultura desde 1987

Publicado em 04/03/2023

Na manhã deste sábado (4), faleceu, aos 73 anos, o cartunista Paulo Caruso. O profissional estava internado no Hospital 9 de Julho, em São Paulo. A causa da morte não foi revelada. Desde 1987, Caruso participava do Roda Viva, programa da TV Cultura. A última participação dele no formato foi em janeiro deste ano.

Além disso, o desenhista também fez parte dos jornais Diário Popular, Movimento, O Pasquim e Folha de S. Paulo. A revista IstoÉ teve a presença do artista. Ele ainda teve os livros: Avenida Brasil (1992) e São Paulo por Paulo Caruso – Um Olhar Bem-Humorado sobre Esta Cidade (2004).

Quando participou do Conversa com Bial, Paulo falou sobre o início precoce nos desenhos com o irmão gêmeo, o também cartunista Chico Caruso. “Desde os 4, 5 anos de idade a gente desenhava sem parar, incentivado pelo nosso avô materno, que era pintor amador, pegava na mão da gente e ensinava a desenhar. Foi quem me ensinou a tocar violão também”, declarou.

Pelo Instagram, a TV Cultura homenageou Caruso. “Caruso cursou arquitetura na Universidade de São Paulo (USP) no início dos anos 1970, mas não exerceu a profissão. Em 1985, no Salão de Humor de Piracicaba, no interior de São Paulo, uniu a paixão pela música ao amor pelos cartuns e montou uma banda só com cartunistas”, destacou o perfil.

Veja: