Montenegro quebra o vaso de estimação de Rafaela

Símbolo dos bons tempos de "Dona Rafa das Marmitas", a peça europeia irá ao chão

Publicado há 6 meses
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rafaela (Marília Pêra) deixou sua suntuosa mansão no Morumbi em Brega & Chique para viver numa humilde casa na Vila Custódio, bairro da periferia paulistana.

Sua principal lembrança dos tempos de fortuna é um vaso inglês, nem tão bonito assim, que ela levou consigo e preserva com todo o zelo. Logo na entrada da casa, quem chega vê à direita o tal vaso, sobre um pedestal.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pois não é que o tímido Montenegro (Marco Nanini), tão apaixonado por Rafaela, vai fazer o vaso se partir em inúmeros pedacinhos? Por acidente, ele se volta muito rápido da porta para dentro e o vaso vai ao chão.

O autor Cassiano Gabus Mendes preparou essa cena ao longo de várias semanas, criando expectativa em torno do caso com as repetidas declarações de apreço de Rafaela ao objeto.

Segundo Cassiano, para criar a cena ele se baseou num fato real. Um amigo seu quebrou um objeto de uma mulher que, a exemplo da viúva de Herbert (Jorge Dória), também havia sido muito rica, mas empobrecera.

A fim de justificar o acidente, o amigo de Cassiano e da ex-milionária declarou que quebrara o objeto a fim de livrar a amiga da má sorte que assolara sua vida. O mesmo que Montenegro dirá a Rafaela, inclusive.

A ex-rica, que fica a ponto de ter um troço, acaba por se acalmar e concordar com Montenegro: o vaso guardava consigo a motivação de seu infortúnio. Logo, que bom que se partiu e livrou-a da má sorte.

Brega & Chique foi ao ar na TV Globo originalmente entre abril e novembro de 1987, às 19h. No Viva, os capítulos são exibidos de segunda a sábado, às 14h30, com horário alternativo à 0h45min.

Jorge Fernando respondeu pela direção-geral, e em sua equipe estiveram Marcelo de Barreto e Carlos Magalhães. Luiz Carlos Fusco foi colaborador de Cassiano Gabus Mendes no texto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais