Monique Alfradique é criticada por usar truque para engordar em Deus Salve o Rei

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para construir sua personagem Gloria, uma jovem acima do peso e com sérios problemas de autoestima na novela Deus Salve o Rei, Monique Alfradique e a direção da trama escrita por Daniel Adjafre passaram a utilizar um recurso um tanto polêmico: a técnica de preenchimento corporal conhecida como fat suit, que simula sobrepeso corporal através de uma roupa especial e maquiagem com máscaras plásticas.

Em entrevista ao site Metrópoles, a nutricionista Paola Atheia, assim como os internautas têm feito, criticou o método utilizado pela novela por reforçar preconceitos: “Os estereótipos promovidos pelo fat suit também são muitos: a mulher gorda é solitária, come quantidades avassaladoras de comida e é dona de uma cativante ‘beleza interior’ que só se revela no momento da trama em que ela emagrece e se torna enfim ‘bela’ (para o arrependimento de todos os homens que não a quiseram)”, explicou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Silvio de Abreu substitui Guel Arraes no comando das séries da Globo: o que muda?

Em entrevista, a própria atriz definiu sua personagem de forma semelhante à explicação da nutricionista dizendo que após quase perder o marido, a moça irá fazer dietas mirabolantes para perder peso. “A Glória tem uma insatisfação muito grande com o corpo. Ela não se aceita”, comentou o autor da trama em material divulgado pela TV Globo.

Recentemente personagem semelhante surgiu na TV. Trata-se de Maria Pia, interpretada Mariana Santos em Pega Pega. A moça que tinha ares vilã, descontava suas frustrações cotidianas e seu amor não correspondido por Eric (Mateus Solano) na comida, e somente passou a ser notada pelos homens a sua volta após surgir magra e com o visual renovado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio