MJ aponta drogas lícitas e conteúdo sexual no Choque de Cultura Show e reclassifica o programa

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Exibido nas tardes de domingo, logo após a sessão de filmes Temperatura Máxima, o Choque de Cultura Show entrou na mira do Ministério da Justiça, que resolveu analisar o conteúdo da atração cômica da TV Globo.

De acordo com a colunista Patrícia Kogut, o formato, que anteriormente era classificado para maiores de 10 anos, agora passou a ser indicado para quem possui a partir de 12 anos. O MJ apontou drogas lícitas e conteúdo sexual na atração.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Outra recomendação do Órgão é que o programa seja veiculado 20h ou mais tarde. Recentemente, Milton Neves criticou o Se Joga e também o humorístico. “Se Joga: até o nome é ruim, mas pior mesmo é um tal ‘programa’ de chatos 15 minutos antes do futebol aos domingos na Globo. Sem graça, mala e enfadonho”, disparou o famoso.

Caito Mainier, humorista que vive o personagem Rogerinho do Ingá no formato da platinada, resolveu rebater o famoso. “Nós não vamos aceitar essa crítica! Aqui é cultura! É meio ambiente, é cinema, é endereço de hospital!  Tem que estar na TV sim! Não adianta ficar usando palavrinha de idoso, não! Vai vender sapato!”, disparou o ator.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio