Miguel foi alvo de comentários dos fãs de Laços de Família: “Meio bobo”

A postura do personagem deixou alguns telespectadores incomodados

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Exibida pela primeira vez na TV Globo entre 2000 e 2001, Laços de Família, trama das 21h de Manoel Carlos, enfrentou comentários de telespectadores sobre um dos principais personagens, o livreiro Miguel, interpretado por Tony Ramos.

Em entrevista ao livro Autores – Histórias da Teledramaturgia (2008), o autor do folhetim declarou que chegou a ficar preocupado com as opiniões do público sobre o pai de Ciça (Júlia Feldens), Paulo (Flávio Silvino) e namorado de Helena (Vera Fischer).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“As pessoas me falavam muito sobre o personagem do Miguel, dono da livraria. Diziam: ‘Ele está tolerante demais, fica meio bobo’. Isso tinha um peso pra mim. No final da novela, foi muito difícil, porque precisava fazer a Helena decidir entre o José Mayer, que fazia o Pedro, e o Tony, o Miguel”, apontou o novelista.

Maneco chegou a ouvir pedidos dos telespectadores para que a mãe de Camila (Carolina Dieckmann) terminasse o folhetim ao lado do administrador do haras. Contudo, resolveu manter a sua decisão e fez a loira ficar definitivamente com Miguel.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio