Miguel Falabella diz não querer renovar contrato com a Globo: “Fico muito preso”

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lançando no 47º Festival de Gramado o longa Veneza, Miguel Falabella revelou que não pretende renovar o contrato que possui com a TV Globo. “Acho que não quero porque eu fico muito preso e quero liberdade”, disse o famoso ao UOL.

“Se eles dizem não a um projeto meu, não tenho outra porta para bater”, exemplificou o artista. Com relação ao seriado Eu, Minha Avó e a Boi, que será lançado ano que vem no Globoplay e depois exibido na platinada, o escritor disse não saber do futuro da atração.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ainda não sei o que vai acontecer com a série, se vai haver uma segunda temporada, porque o diretor da Globoplay foi para a Amazon… Ele adorava o projeto. E não posso levar projetos para outros lugares por causa do meu contrato com a Globo. Mas ele acaba daqui a um ano e meio”, analisou.

Miguel ainda entregou detalhes da série, que contará a história de duas idosas que se odeiam, vividas por Arlete Salles e Vera Holtz. “Uma chega a por uma câmera para vigiar quem está roubando a sua roupa no varal”, falou.

“Sai de casa com uma espingarda e atira na direção da casa da outra. Todos os moradores se comportam assim. Há meninas de 16 anos que se expõe na internet e se prostituem, velhas que pagam programas com garotos. Um mundo louco”, concluiu Falabella.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais