Michel Gomes será escravo que troca de identidade em Nos Tempos do Imperador

Publicado há 6 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Filho bastardo do coronel Ambrósio (Roberto Bomfim) com uma escrava, Jorge (Michel Gomes) – o protagonista jovem de Nos Tempos do Imperador, próxima novela das seis da Globo – luta para se tornar livre, como a maioria dos negros que vive na mesma situação.

Ele foi vendido, o que provocou a separação de sua irmã. Mas o desejo de reencontrar a jovem nunca ficou para trás, e ele decide procurar o pai para cobrar notícias dela. Recebe a informação de que ela foi vendida para um mercador no Rio de Janeiro. No entanto, durante a discussão com o coronel, uma tragédia acontece, e ele é acusado de um crime que não cometeu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Decidido a ir em busca da irmã na Corte e para salvar sua própria vida, foge com a roupa do corpo. No caminho, é interceptado por jagunços que o perseguiam e nem imagina que atrás dele está o seu irmão Tonico (Alexandre Nero), filho legítimo de Ambrósio, que acaba de chegar à Bahia. Mas o destino está a favor dele. Ferido e muito fraco, recebe a ajuda de Pilar (Gabriela Medvedovski), que seguia a caminho de Salvador.

Heroína apaixonada

Pilar aprendeu sobre primeiros socorros quando esteve no convento. Ela consegue dar uma assistência determinante que salva a vida de Jorge. No encontro, surge um interesse imediato de um pelo outro. Mas é preciso seguir viagem. Pilar, apesar de resistir aos encantos do jovem, se preocupa com o estado de saúde dele. É neste momento de angústia que aparece a Condessa de Barral na mesma estrada, a quem Pilar suplica ajuda ao rapaz.

A Condessa e Pilar se conhecem do Recôncavo Baiano, onde suas famílias possuem terras. Na base da confiança estabelecida entre as duas, Luísa prontamente atende ao pedido da jovem, levando Jorge para sua fazenda. Diante da realidade da escravidão e para a segurança de Jorge, ela precisa dar a ele uma nova identidade. Com isso, através de um documento entregue pela condessa, ele passa a se chamar Samuel e se torna um homem livre. 

Nos Tempos do Imperador é criada e escrita por Alessandro Marson e Thereza Falcão, com Julio Fischer, Duba Elia, Wendell Bendelack e Lalo Homrich e tem direção artística de Vinícius Coimbra, direção geral de João Paulo Jabur e direção de Guto Arruda Botelho, Alexandre Macedo, Pablo Müller, Joana Antonaccio e Caio Campos. A previsão de estreia é para março de 2020.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais