Melhor Atriz pela APCA, Débora Bloch alerta: “Ainda falta mulheres ocuparem muitos lugares”

Publicado há 5 meses
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite desta segunda-feira (17) aconteceu no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, a entrega dos troféus APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). O evento reuniu um numeroso elenco de profissionais dos mais diversos setores da arte. Entre os célebres presentes, esteve Débora Bloch. A atriz foi contemplada com o troféu de Melhor Atriz por seu desempenho com a personagem Lúcia na série Segunda Chamada, da TV Globo. Em entrevista ao repórter Cadu Safner, a atriz falou sobre a importância em receber um troféu que abrange tantas categorias, mulheres na indústria audiovisual e a nova temporada da série.

Estou muito feliz e honrada, o APCA é um premio importante, respeitado, dado por pessoas que entendem do que estão falando e votando. São preparadas e muito respeitada, é uma honra“, agradeceu ela. Débora ressalta para Segunda Chamada, produção que abriu portas para debates sobre a Educação no Brasil. “Um assunto super importante para qualquer país, especialmente em um país onde os professores estão desprestigiados, desrespeitados e desvalorizados. Eu acho que o professor é a profissão mais importante, a educação publica é a coisa mais importante numa sociedade pra gente ter uma sociedade mais justa, menos desigual e com mais ética“, alerta a veterana, intérprete da professora de ensino médio noturno de uma escola pública, que luta para ajudar alunos com todas as problemáticas do sistema.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mulheres indústria audiovisual

A série tem uma diretora, duas autoras e algumas muitas atrizes. Eu acho que a gente esta caminhando, mas falta ocuparmos muitos espaços. Ainda não é igual o numero de mulheres e de homens nos vários setores

Segunda Chamada é uma coprodução da Globo com a O2 Filmes, escrita por Carla Faour e Julia Spadaccini com Maíra Motta, Giovana Moraes e Victor Atherino, criada por Carla Faour, Julia Spadaccini e Jo Bilac. Com direção artística de Joana Jabace, a obra conta com a direção de Breno Moreira, João Gomez e Ricardo Spencer. A nova temporada está em fase de produção e deverá estrear no próximo semestre.

Confira a entrevista completa:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais