Mel Lisboa e Seu Jorge protagonizam série sobre a pandemia

A trama narra possíveis fatos do futuro que se cruzam com o presente

Publicado em 20/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Todas as dificuldades impostas pela pandemia impulsionaram a criação de uma nova série, desta vez em formato diferente: em áudio. Protagonizada por Mel Lisboa e Seu Jorge, “Paciente 63” estreia na próxima quinta-feira (22) na plataforma de streaming Spotify.

Os artistas se unem para narrar uma história de ficção, que tem como pano de fundo a crise gerada pela Covid-19. Seu Jorge interpreta Pedro, um homem do futuro que retorna para tentar evitar que o coronavírus se torne uma ameaça constante para a humanidade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O personagem de Seu Jorge, contudo, não será visto como alguém ‘normal’. Então será encaminhado para tratamento psiquiátrico com Elisa, papel de Mel Lisboa. Ela terá a missão de curar os delírios de Pedro.

Para Seu Jorge, interpretar alguém do futuro o fez refletir sobre como o diferente e o novo são sempre um desafio a ser enfrentado. “Tive uma avó que morreu aos 105 anos. Uma vez, demos um micro-ondas para ela. Ela olhava aquilo e parecia algo do futuro. Ela já estava no futuro, mas ainda com um temperamento do passado, que não ia mudar”, conta em entrevista ao jornal Extra.

Ele também imagina como ações comuns, como beijar, será daqui a alguns anos. “Você tem que escanear um teste (de Covid-19) e mandar. A vacina reduz os riscos, mas não garante que você não vai pegar a doença. Ou seja, o teste ainda é necessário para beijar na boca“, pressupõe o ator e cantor.

Ainda no contexto da pandemia e da quarentena imposta pelo alto contágio, Mel Lisboa alerta sobre a importância do diagnóstico das doenças psíquicas. “Temos que ter atenção, muita gente não respeita doenças da mente, consideram frescura. Tem gente que está sofrendo mesmo e precisa de ajuda profissional”, expõe a atriz.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio