Maria Padilha fala de personagens LGBTQ+ na TV e cita Amor à Vida: “Longo caminho a percorrer”

Atriz também elogiou as novelas brasileiras

Publicado há 2 meses
Por Daniel Neblina
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Longe da TV desde A Regra do Jogo, em 2015, a atriz Maria Padilha fez uma participação na série Rua do Sobe e Desce Número Que Desaparece, do Canal Brasil. Ela interpreta a personagem Martha, que flerta com a protagonista Cláudia, vivida por Fernanda Vasconcellos, com direito a um beijo.

Neste embalo, em conversa com a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a artista falou sobre a presença na TV de personagens que representam a comunidade LGBTQIA+ e apontou que ainda há muitas barreiras a serem quebradas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu ainda não sei se a aceitação é tão ampla assim. Na época de Amor à Vida, grande parte do público torceu para o beijo entre Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso)”, avaliou Maria Padilha ao relembrar a novela de Walcyr Carrasco. “Sinto que nas séries esses temas são abordados de maneira mais natural, mas no geral há um longo caminho a percorrer”, completou.

A atriz falou ainda sobre a cobrança dos fãs para que ela volte à TV e rasgou elogios às novelas. “Eu não tenho esse negócio de achar que série é mais chique do que novela. No Brasil, a teledramaturgia tem muita qualidade. As novelas têm um nível, um elenco e uma produção que não deixam a desejar se comparadas às produções estrangeiras”, disse.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais