Márcio Gomes fala sobre trocar a Globo pela CNN Brasil: “Senti que não teria muito crescimento”

O jornalista revelou que no passado recebeu propostas de concorrentes da platinada

Publicado há um mês
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar há um mês como apresentador do Prime Time, da CNN Brasil, Márcio Gomes falou sobre ter deixado a TV Globo, casa onde trabalhou durante 24 anos, e ter aceito o novo desafio profissional de fazer parte do canal de notícias.

“Fiquei cinco anos na Ásia [como correspondente] e, depois, senti uma parada. Com a pandemia, tive uma nova chance. Mas, passado o Combate [ao Coronavírus, programa que o jornalista apresentou nas manhãs da platinada], senti que não teria muito crescimento. Assim, para seguir evoluindo – e usando tudo o que aprendi em 28 anos de jornalismo -, optei pela mudança”, explicou o profissional em entrevista a Luciano Guaraldo, do Notícias da TV.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O famoso, que recentemente completou 50 anos, declarou que teve propostas de outras emissoras, mas que isso aconteceu quando ele era mais novo. “E eu tinha muitas expectativas na Globo, fui ficando – e crescendo. Apresentador da GloboNews, Bom Dia Rio, RJ1 e RJ2, plantonista no Jornal Nacional e no Bom Dia Brasil, apuração de eleições e de Carnaval, mediador de debates, correspondente internacional”, destacou Márcio.

O jornalista ainda fez um balanço do programa que comanda atualmente. “Queremos todo dia surpreender nosso público. A equipe da redação contribui com ideias, temos repórteres animados, analistas que entraram no ritmo do jornal”, concluiu Gomes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio