Marcílio Moraes revela boato sobre a demora para a reprise de Sonho Meu: “Apresentação cafona”

A trama volta ao ar 28 anos após a exibição original

Publicado em 14/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vinte e oito anos depois da exibição original, Sonho Meu ganha a primeira reprise. A clássica novela de Marcílio Moraes, sucesso na década de 1990, está de volta no Canal Viva.

A estreia aconteceu na segunda (12) e a trama protagonizada por Patrícia França, Fábio Assunção e Leonardo Vieira será exibida na íntegra.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista ao portal RD1, o autor comemorou a repetição de sua obra. Além disso, ele assumiu que se inspirou em dois grandes clássicos de Teixeira Filho: Ídolo de Pano e A Pequena Órfã.

“Li alguns capítulos das duas e tomei uma decisão dramatúrgica: a mãe da pequena órfã vai ser a mulher que os dois irmãos de ‘Ídolos de Pano’ disputam. Estava feita a fusão”, relatou.

Segundo Marcílio, muitos temas tratados na produção merecem atualização, sobretudo os maus tratos à infância. Entretanto, ele assumiu que não sabe por que a reprise da novela demorou tanto, sendo que foi um sucesso de audiência.

O máximo que ele ouviu na Globo foi um boato. “Eu não sei a que atribuir. Tem que perguntar aos figurões que comandaram a Globo ao longo desse tempo. Alguém, certa vez, me disse que a direção da emissora achava a apresentação da novela cafona. Enfim, boatos, só mesmo perguntando a eles”, revelou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio