Marcílio Moraes fala sobre audiência ruim do início da reprise de A Lei e o Crime

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Autor de A Lei e o Crime, seriado produzido em 2009, e que retornou ao ar na última quinta-feira (5) na Record, Marcílio Moraes falou sobre o retorno do programa.

Em seu Facebook, Marcílio fez alguns posts onde tentava explicar a audiência abaixo do esperado do retorno do seriado. O programa marcou apenas 5 pontos para a Record, contra 12 do SBT. 
Conforme Marcílio escreveu em seu Facebook pessoal, o Ibope abaixo do que a série merece se deve a dois fatores. O primeiro é a segunda reexibição da série. O segundo foi a falta de divulgação por parte da Record. 
 
Dizem que a reprise de ‘A Lei e o Crime’ não teve audiência significativa. Difícil seria ter. Primeiro por já ser a segunda reprise; segundo, porque o programa foi lançado no meio da grade sem maiores preparações, entre dez e quarenta e meia noite e quarenta”, afirmou o autor.
Todavia, ele continuou: “Mas não é a audiência o mais importante no caso. O que conta realmente é a qualidade do produto. E esta ficou evidente para quem tem um mínimo de senso crítico. ‘A Lei e o Crime’ tem dramaturgia muito superior a praticamente todas as séries brasileiras exibidas por aí”.
Veja também

Autor diz que A Lei e o Crime tem representatividade negra

Marcílio também disse que a série tem representatividade negra, algo muito discutido atualmente, mas que era esquecido naquele momento por parte da imprensa e do público. 
 
Você pode até não gostar de “A Lei e o Crime”, mas não pode negar que o elenco da série tem a cara do povo brasileiro, o que não se vê em praticamente nenhuma produção atual das TVs”, concluiu ele.
Entretanto, vale ressaltar que A Lei e o Crime está indo ao ar nas noites de quinta, dia mais forte da linha de shows do SBT. Neste dia, o canal de Silvio Santos exibe o humorístico A Praça é Nossa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio