Marcão do Povo quebra silêncio no A Tarde É Sua e garante: “Vou voltar”

Apresentador disse que só deve satisfações ao Silvio Santos

Publicado há 9 meses
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O jornalista Marcão do Povo, atualmente afastado de suas funções no SBT onde apresentava o Primeiro Impacto, quebrou o silêncio e falou com exclusividade ao repórter Bruno Tálamo, do programa A Tarde É Sua, na RedeTV!.

Vou voltar“, garantiu Marcão, sem revelar a data, mas apontando para a próxima semana, quando seu afastamento completará 15 dias. Ainda de acordo com as palavras de Marcão ao repórter, ele informa desconhecer a carta em que profissionais do setor de jornalismo da emissora pedem sua demissão. O documento diz que a afirmação de Marcão do Povo é inadmissível e não condiz com a história do SBT.  “Extrapolou todo e qualquer limite”. Marcão do Povo afirmou que não será demitido do SBT.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Entenda o caso

O jornalista foi afastado na quarta-feira (8) após sugerir ao Presidente da República Jair Bolsonaro, que criasse um “campo de concentração” para abrigar pacientes diagnosticados com o novo coronavírus. A situação levou o artista e o SBT a patamares internacionais de repercussão negativa.

Estados Unidos, Israel, Chile, Argentina e México foram apenas alguns dos países que repercutiram o caso. O tabloide The Tomes Off Israel sintetizou em sua manchete as desculpas do SBT pelo infeliz comentário de seu contratado: “Vai contra os nossos princípios”, destacou a matéria do jornalista Marcus M. Gilban ao impresso do país de povo judaico.

Declarações de Marcão do Povo vira escândalo internacional (Reprodução: Internet)

A Jewish Telegraphic, jornal da comunidade judaica nos Estados Unidos também destacou o assunto Marcão do Povo e relembrou que o mesmo esteve envolvido em caso de racismo. “Em 2017, do Povo foi demitido da Record TV depois de chamar a cantora brasileira Ludmilla de ‘macacoa’”, escreveram na matéria.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio