Mara Maravilha diz que não aceitaria vídeo de Adriane Galisteu “nem de graça” e alfineta: “O marido de Ana Hickmann também”

Publicado há 10 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na edição desta quarta-feira (4) do Fofocalizando, o programa falou sobre uma empresa que passou a oferecer vídeos especiais feitos por famosos, que cobram um determinado valor. Entre os artistas que entraram na empreitada, está Adriane Galisteu.

Ao ser questionada sobre qual seria o valor cobrado pela famosa pela gravação, Mara Maravilha declarou que não pagaria e que não iria querer o vídeo “nem de graça”. “Se é o marido da Ana Hickmann também, né? Nem se ela mandar um vídeo de graça para o Alexandre ele aceita”, disparou a morena.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois, foi revelado
que a apresentadora cobra R$ 500 pela gravação. Maitê Proença cobra R$ 250,
Marcos Pasquim R$ 500 e Marisa Orth R$ 250. Cris Flores e Leão Lobo opinaram
que não acham legal a iniciativa.

“Eu não acho bacana. Acho que carinho a gente dá de graça. Até me surpreendi de ver pessoas que eu gosto nessa história. Talvez tenha sido bem vendido pra eles”, analisou o comunicador.

“Eu também acho. O mínimo que a gente pode fazer para os fãs é tirar uma foto, gravar um vídeo, é a retribuição e gratidão por tudo que vocês trazem pra gente. Eu não cobraria jamais”, concluiu Flores.

Assista:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais