NOTA PESSOAL

Manoel Soares se revolta sobre boatos que motivaram a sua demissão da TV Globo: “Indignado com esse tipo de covardia”

Ex-apresentador do Encontro negou as notícias de conduta inadequada nos bastidores da emissora

Publicado em 01/07/2023

Neste sábado (01), o jornalista Manoel Soares, de 44 anos, voltou a se manifestar sobre os boatos que levaram a sua demissão da TV Globo, após seis anos de parceria com a emissora carioca. Em suas redes sociais, o ex-apresentador do Encontro lamentou as notícias falsas elencando os possíveis motivos para o seu desligamento da empresa e reafirmou que a sua saída foi tranquila e de comum acordo entre as partes.

“Com a minha saída da Rede Globo, muitas notícias falsas especulando o motivo vieram a público através de sites e perfis de redes sociais, o que já era esperado. Porém, é lamentável que alguns usem ferramentas importantes do jornalismo, como sigilo de fontes, para sustentar absurdos envolvendo meu nome. Estamos acionando juridicamente todos que publicam e replicam essas mentiras para que respondam na justiça pelas suas palavras e ações. Eu, lamento pela tristeza que amigos e familiares estão passando por conta desse desrespeito. Peço a quem acompanha meu trabalho que não aceite essas provocações, não dê engajamento para essas mentiras, pois essas notícias falsas vivem disso”, iniciou o jornalista.

Manoel Soares também negou que tenha tido algum tipo de conduta inadequada durante o tempo como contratado da TV Globo e enfatizou que a sua relação trabalhista terminou da melhor maneira possível com a empresa.

“Eu não sou o primeiro nem o último homem com minhas origens que vai ser alvo de ataques dessa forma. Há séculos usam a estratégia de alegar comportamento abusivo para desqualificar homens negros, já vi isso muitas vezes. E meu compromisso de vida é combater o racismo, a desigualdade e injustiças. Não poderia ser diferente agora. Minha saída em comum acordo com a Globo reflete nossa trajetória juntos, de respeito e profissionalismo. Como toda relação trabalhista, esta chegou ao fim da melhor forma possível, com pagamento integral do contrato, e não com justa causa, como era de se esperar em casos de conduta inadequada”, completou.

No fim de seu desabafo, o ex-apresentador do Encontro disse ser uma covardia a forma como alguns veículos da mídia estão noticiando a sua saída do canal e agradeceu a sua parceria nos últimos anos com a TV Globo.

“Do ponto de vista pessoal, reafirmo minha gratidão ao grupo Globo, que fez parte de uma longa jornada que me permitiu sair das ruas de Porto Alegre e chegar ao lares de milhões de brasileiros para levar uma palavra de conforto e dignidade a tantas pessoas que raramente viram um igual em um espaço tão disputado. Estou indignado com esse tipo de covardia, mas tranquilo sobre a verdade das minhas ações e conduta. Mentiras como essas podem poluir a imagem, mas não se sustentam. Mesmo assim, precisam e serão combatidas no campo jurídico, e não entre fofocas infundadas. Sigo com carinho e orgulho da trajetória que me trouxe até aqui e logo nos encontramos nos próximos projetos. O propósito de levar alegria e contar a história deste povo brasileiro segue firme e forte”, finalizou Manoel Carlos.

View this post on Instagram

A post shared by Manoel Soares (@manoelsoares)