Alguém entendeu?

Malvino Salvador afirma que voto em Bolsonaro foi “pragmático” e a web não perdoa

O famoso disse que ter votado no presidente não significa que o apoie

Publicado em 22/11/2020

No ar como o Apolo de Haja Coração, novela reprisada pela TV Globo, Malvino Salvador deu entrevista à colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, e falou sobre ter votado no presidente Jair Bolsonaro na eleição de 2018.

“Não sou daquela coisa de me abster, votar em branco ou nulo. Acho que a gente precisa votar. O meu voto naquele momento foi um voto pragmático, foi uma escolha que eu fiz diante do que eu via, da minha insatisfação com quem poderia entrar no poder [PT]. Mas isso não quer dizer que eu apoie a outra pessoa [Bolsonaro]”, disse o ator.

O artista ainda criticou o extremismo e populismo, dizendo serem ruins seja na esquerda ou direita. “É preciso haver mais diálogo entre os líderes, diálogos mais saudáveis. Está virando tudo uma panfletagem política. Você não vê confronto de ideias, é um xingando o outro”, avaliou.

No Twitter, o nome do famoso logo foi parar nos assuntos mais comentados e internautas passaram a compartilhar vídeos e fotos do astro participando de manifestações ou se posicionando. “Por um Brasil verde e amarelo, vamos sair do vermelho”, chega a declarar Malvino em uma das gravações.

Veja: