Malvina descobre que João e Joaquina estão reféns de Leôncio

Publicado há 9 meses
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No capítulo que vai ao ar nesta quarta-feira (22), na Record TV, em A Escrava Isaura, Malvina (Maria Ribeiro) vai ficar revoltada ao descobrir que João (Ivan de Almeida) e Joaquina (Chica Lopes) estão presos em um quarto da fazenda, reféns de Leôncio (Leopoldo Pacheco).

A filha do Coronel Sebastião (Paulo Figueiredo) vai pedir para o vilão libertar os escravos. Como ele não atenderá à esposa, ela deixará o local. A jovem estará dormindo na cama com o marido, após uma noite de amor, e despertará com o crápula assustado depois de um novo pesadelo com o pai.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ela vai sugerir, então, para ele pedir à Joaquina que lhe prepare um chá para dormir e ele reprovará a ideia. “Magina, não vou beber nada preparado por aquela bruxa“, responderá o fazendeiro, que ironizará na sequência:

“Pois eu nem sei se ela está viva”, comentará. Malvina ficará confusa e questionará a declaração do esposo, que lhe contará que os dois irmãos estão de castigo, sem água e sem comida.

Logo depois, o casal descerá para tomar o café da manhã e a irmã de Helena (Fernanda Nobre) lembrará o marido que ele precisa terminar com os castigos. “Nem bem chegou e já vai começar de novo. Já lhe avisei que eu não gosto que fique se intrometendo nos meus negócios”, reclamará Leôncio.

Malvina argumentará que os escravos estão muito velhos e que não irão aguentar ficar sem comer e beber. “Isso é falta de humanidade. É monstruoso”, completará a jovem, que será seguida pelo desprezo do fazendeiro. “E se não aguentarem? Quem é que vai suportar? Escravos na idade deles já não vale mais nada”, questionará o vilão levantando-se.

A bela alegará ao amado que seu pai tem interesse em comprá-los e implorará para o esposo atender seu pedido. Ele se desculpará e se recusará a fazer seu desejo, justificando ter motivos para fazer o que está fazendo. Malvina vai querer entender os motivos e ele contará que quer usá-los como isca para pegar André (Deo Garcez).

“Pra que tanto ódio contra este escravo e a família dele? Pra que castigá-los tanto?”, perguntará Malvina. Ele responderá que já foi agredido por André e que o escravo ajudou Isaura (Bianca Rinaldi) a fugir, além de ter sido caluniado pelos escravos idosos.

A jovem afirmará que fica horrorizada em pensar que isso pode ser verdade e voltará a insistir para que o vilão solte os escravos, alegando ser véspera de Natal, tentando convencê-lo com o espírito do perdão.

Eu não sou o tipo que dá a outra face. Eu prefiro eliminar os meus inimigos um por um”, responderá Leôncio. Malvina, então, decidirá ir embora. “Eu não sei o que vim fazer aqui. Não adianta, vosmecê não muda mesmo. Eu pensei que chegando perto do Natal as coisas podiam ser diferentes. Que sem Isaura nessa casa vosmecê iria ter olhos pra mim“, dirá.

O crápula avisará que Isaura ainda vai voltar para sua casa. “O lugar dela é ali, no salão, como um objeto de luxo pra ser mostrado. Eu ainda quero vê-la sentada ao piano, tocando uma música com os pés acorrentados”, declarará.

Malvina chamará o marido de doente e que precisa se tratar, pedindo licença e se retirando logo em seguida. “Só volto no dia que eu tiver certeza de que não serei trocada pela escravinha”, prometerá.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de A Escrava Isaura.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais