Lucinha Lins relembra emoção em gravação de cena de A Viagem: “Chorei muito”

A veterana relembrou a sequência marcante ao lado de Cláudio Cavalcanti

Publicado em 3/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A reprise de A Viagem chegou ao fim no Canal Viva. A clássica trama de Ivani Ribeiro e Solange Castro Neves emocionou não só os fãs, como os atores que estiveram no elenco da trama. Lucinha Lins é um grande exemplo.

A intérprete de Estela participou de uma live promovida pela emissora ao lado de Christiane Torloni (Diná) e relembrou momentos épicos da trama – exibida originalmente em 1994.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Durante o bate papo, a atriz detalhou uma das cenas mais impactantes da produção: a morte de Diná. Após sofrer uma espécie de infarto, a empresária falece e deixa Bia (Fernanda Rodrigues) desesperada.

O fim trágico de Diná afeta diretamente Estela, já que as irmãs têm um vínculo especial que as conecta. Estela sente que a irmã não está bem e tem um surto, sendo amparada por Alberto (Cláudio Cavalcanti).

Segundo Lucinha, a expectativa para gravar a sequência foi grande. “Nós gravamos num sábado. Em cena, eu e o Cláudio Cavalcanti. Quem dirigiu foi o Maurício Farias. Quando entramos no estúdio, eu disse: ‘não sei exatamente como vou fazer isso… eu posso cair no chão? Porque eu acho que ela perde as forças’”, revelou.

Mas, mesmo com a tensão, ela conseguiu dar conta e brilhar com a ajuda dos seus companheiros. “Então o Maurício propôs o seguinte: ‘Eu só preciso de algumas marcações específicas, mas eu vou ligar as câmeras, não se preocupe com texto, ao seu tempo, como você sentir, você começa’. Olha que generosidade. E tinha ao meu lado um grande companheiro que era o Cláudio, que disse: ‘Lucinha, chuta a bola que eu tô aqui pra sair chutando junto com você. Nós vamos fazer um baita gol… mas essa cena é sua’”, relembrou a veterana.

De acordo com a atriz, a cena foi uma das mais intensas que já gravou. A emoção foi tanta que ela caiu em prantos. “Gravamos de primeira, foi pura emoção. Lembro que, quando estava voltando pra casa, parei o carro no caminho e chorei muito. Ali, naquele momento, comecei a sentir que estávamos na reta final da novela. Que perda que estava acontecendo no meu coração, na minha alma, diante de um trabalho tão lindo e tão emocionante de fazer”, destacou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio