Luciano Huck quer disputar a presidência em 2022 e pode ter que sair da Globo

Publicado há um ano
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após especulações que começaram ainda no ano passado, o apresentador e empresário Luciano Huck estaria decidido a se lançar candidato à presidência da República, em 2022.

A informação foi divulgada na última terça-feira (17) pelo jornalista Kennedy Alencar, em seu blog, no portal IG. De acordo com o profissional, Huck tem afirmado a políticos que será candidato a presidente. E que não desistirá, a exemplo do que fez no ano passado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O nome do global é uma alternativa para ocupar um faixa de centro-direita na corrida presidencial, em oposição ao bolsonarismo e à centro-esquerda e a esquerda, nas próximas eleições.

Alencar adiantou ainda que o partido pelo qual o marido de Angélica poderá ser candidato é o Cidadania, antigo PPS. O partido consagrou na política nomes como Cristovam Buarque e Ciro Gomes. O jornalista ressaltou também que Huck poderá contar com o apoio do PSDB e do DEM.

Como já anunciado pelo Observatório da Televisão, a Rede Globo já deixou claro que, se Luciano Huck confirmar o interesse pela vaga, não apenas ele, como também Angélica, deverão se desligar da emissora. Sem possibilidade, inclusive, de retorno após uma possível derrota nas urnas.

Portanto, se a decisão de Huck for confirmada, é possível que o Caldeirão do Huck deixe a grade da emissora ainda em 2020. Vale lembrar que recentemente especulou-se também que o novo programa da ex-apresentadora do Estrelas teria perdido força devido às intenções políticas do marido.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais