Luana Martau e Mauricio Rizzo viram debutante e príncipe no Tá no Ar

Publicado há 2 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Prestes a estrear sua última temporada, o Tá no Ar: a TV na TV, promete trazer episódios ainda mais engraçados e polêmicos do que os de temporadas anteriores. Segundo o jornal extra, em uma brincadeira, Luana Martau e Mauricio Rizzo irão virar debutante e príncipe. A princípio, tudo será para estrelar o comercial de uma produtora de vídeos caseiros. Com direção de grandes cineastas brasileiros.

Leia também: Carlos Alberto de Nóbrega “comemora” o fim do Tá no Ar na Globo

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A sexta temporada do Tá no Ar: a TV na TV, estreia na TV Globo no próximo dia 22 de janeiro, dando fim ao programa que fez sucesso na emissora.

Última temporada do Tá no Ar contará com convidados especiais e muitas novidades

A sexta e última temporada do Tá no Ar: a TV na TV, vai trazer bastante novidades para chamar a atenção do público. Uma delas são os convidados especiais. Entre os nomes que irão aparecer no humorístico que volta ao ar em janeiro na TV Globo, estão Gabriel Leone, Thiago Lacerda, Karol com K e Fernanda Paes Leme.

Leia também: Com fim de ‘Tá no Ar’, Marcelo Adnet e Marcius Melhem projetam novo humorístico

O último episódio do programa também deve ser bastante polêmico, afinal, o elenco do programa irá rir do próprio fim. “A grande novidade é o último episódio. Imagina para nós como é encerrar O Tá No Ar? É difícil. A gente, com muita alegria, vai fazer esse funeral”, conta Marcius Melhem.

Os clipes do Tá no Ar que sempre rendem bastante repercussão nas redes sociais, e eles são garantia certa na próxima temporada, com o detalhe de que estão ainda mais polêmicos. “Tem um que acho que vai ser polêmico. Tem a ver com temas muito atuais. Sou a protagonista, e faço casal com o Danton Mello”, revelou a atriz Georgiana Góes. 

Com o fim, Marcelo Adnet afirmou que o humorístico deixará um legado grande para as futuras produções de humor no país. “Amo o programa e tenho o maior orgulho. Adoro o programa, acho que trouxe uma coisa de autocrítica. Ele muda alguma coisa porque vejo os colegas de dramaturgia querendo brincar e participar”, finalizou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais