Linha Direta marcou uma geração com reconstituições de crime reais; relembre!

Publicado há 4 anos
Por Paulo Henrique Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 27 de maio de 1999, a TV Globo estreou o jornalístico Linha Direta. Com exibições semanais sempre nas noites quintas-feiras, o programa trazia sob o comando de Marcelo Rezende reconstituições de crimes reais com simulações protagonizadas por atores desconhecidos do grande público.

Com o programa consolidado, Marcelo Rezende deixou a Globo em 2002 para apresentar o Repórter Cidadão. Como medida, a emissora dos Marinho escalou Domingos Meirelles para substituir Rezende.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Globo, GloboNews e SporTV são premiados no Festival de Filme e Televisão de New York 2017

O Linha Direta marcou toda uma geração que até hoje lembra com medo das reconstituições não censuradas — com direito a sangue e muito.

Curiosidade: Uma primeira versão do jornalístico foi produzida em 1990, com apresentação de Hélio Costa.

Além de informar, o famoso formato convidava os telespectadores a colaborarem com o desfecho dos casos através de denúncias. Em 6 de dezembro de 2007, a atração foi extinta pela Globo, que passou a apostar em shows.

Relembre: 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio