Lei faz com que Record não possa reprisar humorístico; entenda

Publicado há 3 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Comemorando os seus 65 anos, a Record TV resolveu surpreender o público com um pacote de novas produções que serão lançadas nos próximos meses e também reprises de programas que fizeram sucesso na emissora do bispo Edir Macedo.

Veja: Há 11 anos a Record TV interrompia terceiro horário de novelas para exibir Zorro

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Entre as atrações, estava prevista a reexibição da Escolinha do Gugu, quadro que fez parte de um dos antigos formatos que o comunicador já teve na emissora. O problema é que a lei eleitoral não permite que candidatos estejam no ar alguns meses antes da eleição.

Saiba mais: Fábio de Melo brinca que padres não podem ir na Record e Xuxa responde

Entretanto, segundo o colunista Ricardo Feltrin, Mússio Rossini Macedo, o Tonho dos Couros, será candidato ao cargo de deputado estadual no Espírito Santo e Geraldo Magela, que fez o ceguinho, concorrerá a uma vaga de deputado federal por Minas Gerais.

Jornal da Record enfrenta falhas técnicas e âncora ironiza a situação

A saber, no último dia 22, o Jornal da Record, informativo apresentado por Celso Freitas e Adriana Araújo, teve duas falhas técnicas seguidas. Os âncoras anunciaram duas reportagens que surpreendentemente não foram ao ar e tiveram que chamar a intervalo comercial.

Pelo Instagram, após o fim da produção, Araújo inesperadamente brincou com a situação. “Só, aqui, entre nós, papo de camarim. Pode anotar aí, 22 de junho, Dia Nacional do Sufoco, não tenho mais dúvida nenhuma disso. Beijo, conseguimos mostrar todas as reportagens, até segunda, aproveite o fim de semana. Tchau”, ironizou a profissional.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio