Laura Zapata volta a criticar Televisa após perder papel em Cuna de Lobos: “Por lógica era meu”

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Laura Zapata não deve superar tão cedo o fato de não ter sido escalada para interpretar a vilã Catalina Creel na nova versão de Cuna de Lobos. A Televisa está preparando esse remake em formato de série. Em recente entrevista ao programa Con Permiso, do canal Unicable, a irmã de Thalía voltou a expressar sua indignação por ter sido preterida em favor da espanhola Paz Vega.

“Fui o que a empresa [Televisa] quis durante mais de 40 anos. Aceitei ser a vilã da televisão. Além disso, as pessoas me amam, me adoram. Vivem lembrando dos meus personagens. Das frases: ‘maldita gata’, ‘maldita bilheteira’, ‘te odeio, maldita cega’. Por uma questão de lógica, o papel teria de ser meu”, alegou a intérprete de 62 anos. Citando os bordões usados por seus papéis em novelas como Maria Mercedes (1992), A Gata (2014) e Esmeralda (1997).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Laura também aproveitou para mandar uma nova indireta à Televisa, a respeito do fato de ter escolhido uma atriz de fora para reviver a grande antagonista de Cuna de Lobos. “Quero dizer que nós, artistas mexicanos, somos preteridos em nosso país por estrangeiros. Como mexicana, eu preciso trabalhar. Por que a empresa à qual dediquei toda a minha vida não me apoia?”, queixou-se.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio