Laryssa Ayres revela retorno de fãs por causa da Diana de O Sétimo Guardião: “Se sentem representadas”

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, Diana (Laryssa Ayres) teve que enfrentar o machismo o pai, Nicolau (Marcelo Serrado), para seguir o sonho de lutar karatê. Em entrevista à Patrícia Kogut, a atriz que vive a personagem disse receber mensagens de garotas que vivem algo parecido.

“Muitas meninas se sentem representadas pela Diana por conta dessa
relação opressora com o pai”, destacou a estrela. “Elas contam que, quando
começaram em esportes considerados masculinos, tiveram que lutar para conquistar
espaço e reconhecimento”, explicou a atriz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Me agradecem por eu contar essa história. Fico imensamente feliz de
levantar essa questão. Ainda não conquistamos a igualdade, mas o processo está
em curso. Vejo cada vez mais a união das mulheres, e isso é lindo”, refletiu a
artista.

A famosa revelou ainda o que espera que aconteça com o pai da jovem
na história. “Torço para que o Nicolau mude a postura e evolua junto com o
mundo, pois ele não irá a lugar algum com pensamentos e atitudes preconceituosas
e ultrapassadas”, apontou a estrela.

“Desejo muito a amizade da Rivalda (Giulia Gayoso) e da Diana e
também que o Bebeto (Eduardo Speroni) entre para uma escola de dança renomada,
porque talento é o que não falta”, analisou a famosa.

“E que Afrodite (Carolina Dieckmann) siga sendo essa mulher empoderada e forte que está tomando as rédeas da sua vida e nunca mais se submeta um homem. Que a família seja muito feliz e que todos saibam amar as diferenças”, concluiu Ayres.

Vale lembrar que nos próximos capítulos, Nicolau desejará que Rivalda (Giullia Gayoso) vá com a herdeira para os EUA, já que a menina recebeu uma proposta para treinar no país estrangeiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio