Lair Rennó revela no Encontro que contratação para o programa causou inveja em colega

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na edição desta sexta-feira (10) do Encontro com Fátima Bernardes, a inveja foi um dos temas debatidos no matinal e Lair Rennó, jornalista que participa do formato desde a estreia, resolveu contar uma situação curiosa que viveu.

Leia: Participação de Simony no Encontro causa na web por detalhe inusitado

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Sabe, Fátima, acho que eu nunca te contei isso. Quando você me convidou para fazer parte do Encontro, em 2012, teve um colega, não vou dizer nome, que falou, ‘mas porque a Fátima te chamou e não me chamou?’”, revelou o comunicador.

Saiba mais: Thiaguinho se atrapalha ao responder pergunta sobre traição no Encontro e vira assunto na web

“Falei, ‘porque eu sou melhor que você, ué. Deve ser isso’”, afirmou Lair, causando risos na plateia. Vale lembrar que antes de fazer parte da produção, Rennó trabalhou em telejornais da TV Globo.

Ferrugem causa ‘saia justa’ com Antonio Fagundes no Encontro

Na edição desta terça-feira (7) do Encontro com Fátima Bernardes, o programa falou sobre alguns hábitos que prejudicam a sociedade, como furar fila, falsificar carteirinha de estudante, etc, e o cantor Ferrugem, que estava na atração, resolveu citar outro.

“Tem mais um, Fátima. Artista que cobra por atendimento no camarim. Isso aí é sacanagem! E existe! Existe!”, afirmou o músico, sendo aplaudido pela plateia do matinal. A apresentadora afirmou que a atitude era comum com astros estrangeiros.

“Artistas internacionais cobram, diferentemente, se você vai fazer a foto ou não com eles no camarim, se for fazer a foto é um preço…”, contou a comunicadora. Antonio Fagundes então resolveu revelar que fazia algo parecido.

“Me desculpa, mas eu tenho uma visita aos bastidores, que eu faço. E é cobrada. Mas é uma visita onde você mostra o teatro…”, falou o ator. “Ah, não! É outra coisa!”, declarou Fátima rapidamente.

“Eu digo você entrar no camarim e receber o carinho do artista. Se a gente cobra por isso, pelo amor de Deus”, acrescentou Ferrugem. “Levei até um susto agora. Pensei que estivesse cometendo um erro”, brincou Fagundes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio