Kéfera Bunchmann fala sobre ataques após polêmica no Encontro: “As pessoas são cruéis”

Publicado há 2 anos
Por Fabio Augusto
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Kéfera Bunchmann teve um ano muito importante profissionalmente. A famosa youtuber, que já bombava na web, conseguiu um papel para fazer sua primeira novela.

A influencer passou no teste e conquistou espaço na trama Espelho da Vida, vivendo a deslumbrada Mariane.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Disposta a fazer sucesso como artista, a personagem faz de tudo para desbancar Cris (Vitória Strada), sua grande rival.

Mariane quer roubar o posto da mocinha de protagonista do filme que conta a história de Júlia Castelo.

Para isso, faz umas armações mirabolantes, embora não seja considerada uma vilã por sua intérprete.

“A verdade é que Mariane não é ruim, mas egoísta. Quer estar sempre em destaque. A personagem é sonsa e as ideias dela, mirabolantes”, revelou em entrevista ao O Globo.

Leia mais: Kéfera se manifesta após polêmica no Encontro: “Mais uma vez homem querendo explicar feminismo”

Polêmica no Encontro

Mas não foi apenas pelo papel na novela das seis que Kéfera ficou em evidência recentemente.

A atriz se envolveu em uma polêmica ao participar do programa Encontro com Fátima Bernardes. Na ocasião, discutiu com um participante da plateia.

O rapaz falava sobre feminismo quando foi corrigido por Kéfera, dizendo que ele não precisava explicar para as mulheres do que se tratava o movimento.

Além disso, criticou o momento em que ele tentava interrompê-la, recebendo o apoio das convidadas do programa.

Tal situação bombou na mídia e nas redes sociais, porém se tornou perigoso para a youtuber.

Leia mais: Kéfera protagoniza discussão sobre feminismo com integrante da plateia do Encontro; momento repercute na web

Perseguição na web

Segundo Kéfera, ela sofre ataques gratuitos e recebe até vários comentários com ameaças.

“Sofri ameaças de estupro e de linchamento. Já estou em contato com um advogado para tomar algum tipo de providência. Mas, apesar disso tudo, teve muita mensagem legal, de pessoas me agradecendo pelo debate”, revelou.

Por outro lado, Kéfera disse que o episódio é importante para gerar discussão.

“No geral, as pessoas são cruéis. Quando uma mulher resolve usar sua voz, rola uma indignação por parte do público. Gera um enorme incômodo. Mas as revoluções não acontecem em silêncio. Sempre existem umas interpretações equivocadas. As pessoas não entendem que a expressão ‘lugar de fala’ não é lugar de silenciar. É de discutir junto”, contou.

Ademais, Kéfera disse que parou de ler os comentários tóxicos. Agora, está feliz com seu momento pessoal e profissional.

“Estou focada no trabalho e no meu autoconhecimento. Quero me dedicar a mim”, assumiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio