Karol Conká do BBB 21 garante que não é de guerra

A cantora acredita que pode estar sofrendo perseguição de participantes da casa

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após o fim da sua liderança e ir para a Xepa, Karol Conká em conversa com Fiuk ela confessou que, nesse jogo ela não quer saber de competição e quer viver em paz com todo mundo, mas que nem por isso as pessoas a deixam em paz dentro da casa do BBB 21.

O cantor começou o papo falando que as pessoas de dentro do jogo não podem comprar brigas pessoais, pois todas as pessoas da casa são especiais e a oportunidade de estar dentro do BBB 21 é incrível. Além disso, ele acredita que deve “apoiar as conquistas dos outros participantes“.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já para a cantora, “eu não curto [guerra] não, (…) eu acho que tem que cuidar das relações [de dentro da casa].“. E ela ainda se mostrou sentida porque as pessoas da casa não foram visitar o quarto do líder quando foi a sua vez.

Ela acredita que, por ter personalidade forte, isso faz com que as pessoas pensem coisas erradas dela. Por isso, ela acha que o “negócio é ser coitadinho, ‘monguinho’.“, mas que não pretende mudar só para agradar “eu sou de boa, eu sou assim”, completa o raciocício.

Além disso, ela crê que pode estar sendo perseguida pois tem gente dentro da casa querendo afastá-la da amizade de Rodolffo: “O pessoal tá incomodado porque eu tô falando com o Rodolffo… seria porque ele é do Sertanejo e eu sou do RAP ?!“, conclui.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece na casa mais vigiada do Brasil? Então acompanhe a cobertura completa do BBB 21 no Observatório da TV!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio