Justiça condena ‘Pânico’ e Band a pagar R$ 300 mil a Luana Piovani

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A 1ª Vara Cível de Pinheiros, em São Paulo, condenou a TV Bandeirantes e Rodrigo Scarpa, Alan Rapp, Marcelo Picón e Emílio Surita, integrantes do extinto Pânico na Band, a pagarem uma indenização de R$ 300 mil a atriz Luana Piovani por danos morais. A decisão ainda cabe recurso.

Leia: Luana Piovani comenta desconvite para O Sétimo Guardião: “Sabia que alguma coisa em algum momento ia acontecer”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A famosa resolveu entrar com a ação após ter sido abordada por humoristas do formato em 2014, quando estava com o marido, o surfista Pedro Scooby, numa praia. A estrela alegou que na produção foi exibida uma “matéria jornalística com o intuito de ofendê-la e humilhá-la”, além de apontar que foi chamada de “piranha” pelo programa, informou o UOL.

Saiba mais: Luana Piovani fala sobre programa que comandará na TV paga

“A Bandeirantes não celebrou qualquer contrato com a autora, a fim de torná-la atração principal de um quadro televisivo, que perdurou por vários minutos. E assim tem feito o Programa Pânico na Band com várias personalidades, inclusive promovendo constrangimentos públicos em relação aqueles que se recusam a participar graciosamente das matérias veiculadas”, diz um trecho da sentença.

Luana Piovani relembra esnobada da Globo quando pediu para ir ao Emmy: “Fiquei dois dias mal”

A saber, em entrevista ao canal do Youtube do stylist Matheus Mazzafera, Luana Piovani revelou que chorou de raiva quando não foi convidada para ir na cerimônia do Emmy em 2012, quando o seriado da TV Globo A Mulher Invisível foi indicado e levou o prêmio de melhor série de comédia.

“Nem eu e nem o Selton [Mello] fomos convidados para ir. P*rra, a mulher invisível no caso era eu e ele era o protagonista e a gente devia tá lá e era uma p*ta oportunidade, no Emmy você encontra um milhão de pessoas. Eu ainda liguei e falei ‘olha só, eu tenho inglês, casa em Nova York, o vestido’”, relembrou a estrela.

“Recebi o convite? Alguém ligou? Nem recebi uma flor falando ‘parabéns pelo trabalho’, nada. Fiquei dois dias mal. Mas graças a Deus já ‘saiu no xixi’ tem muito tempo. De qualquer maneira eu tenho o carimbo de Emmy na minha carreira. Afinal, a gente ganhou mesmo”, concluiu Piovani.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio