Júlio surpreende e pede perdão a Alfredo

Publicado há um ano
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Éramos Seis, o clima entre Júlio (Antonio Calloni) e o filho Alfredo (Nicolas Prattes) nunca foi dos melhores. O pai sempre teve embates com o garoto, que considera desrespeitoso e mal-educado, o que está prestes a mudar, já que o patriarca da família Lemos decidirá pedir perdão a ele na frente de todos.

Tudo começa quando Júlio descobre que todos o enganaram fazendo-o acreditar que a casa estava quitada, e que até tiveram condições de comprar um rádio. Na verdade, a dívida pela compra da casa perdura, e o rádio foi emprestado por Afonso (Cássio Gabus Mendes). Alfredo foi o único que não concordou em mentir para o pai.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Júlio então ficou numa maré de negatividade, brigou
com Lola (Gloria Pires) e só voltou a sorrir por acreditar que Emília (Susana
Vieira) lhe emprestaria o dinheiro para que ele pudesse se tornar sócio de seu patrão,
Assad (Werner Schünemann) na loja de tecidos.

No meio de um jantar, o homem pede a palavra
para dizer algo aos filhos, deixando todos surpresos: “Quero botar um ponto final… nesta história da casa… da mentira que
me contaram. Não precisam baixar a cabeça. A casa não foi quitada, mas será um dia.
Porque tenho uma proposta de ajuda da tia Emília. Vamos ficar todos de bem de
uma vez. Perdoo, esqueço que mentira”
, começa ele.

Nervosa, Lola pede que ele não fique contando
tanto com uma ajuda de Emília que ainda nem aconteceu, mas ele a repreende e
pede para continuar o discurso: “Eu
queria falar em especial do Alfredo. Porque um homem tem que agir conforme a
sua cabeça. Mas também tem que perceber quando está errado. Alfredo, eu errei,
quando te condenei. Agora sei que foi o único filho que não aceitou me iludir
como os outros. E isso tem enorme valor. Peço desculpas pelo mal julgamento que
fiz. E acho que sua mãe e irmãos lhe devem o reconhecimento também. Obrigado”
.

Todos ficam felizes, apenas Carlos (Danilo
Mesquita) se incomoda, e deixa isso claro após o jantar: “A ironia disso tudo é que quem ficou mal fui eu… Depois de tudo que
fiz por ele. Não estou cobrando elogios. Só não acho justo, eu ficar de
mentiroso, enquanto o Alfredo, que não fez nada, sair de herói”
.

Alfredo fica bravo e diz que Carlos não suporta quando as pessoas lhe enxergam, mas o irmão mais velho diz que não acha justo que ele mesmo sem ajudar, seja elogiado, e com isso os dois continuam brigando.

As cenas estão previstas para irem ao ar no capítulo 47, que será exibido na sexta-feira, 22 de novembro.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos da novela Éramos Seis

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais