Julia Dalavia conta que está tendo dicas com o pai para viver uma advogada em O Outro Lado do Paraíso

Publicado há 3 anos
Por Nucia Ferreira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sucesso como Nanda em Os Dias Eram Assim, Julia Dalavia volta em O Outro Lado do Paraíso como filha de Elizabeth (Gloria Pires). Como só entra na segunda fase da trama (quem interpreta a personagem na infância é a atriz Lara Cariello), ela ainda não tem muita informação do que vem pela frente.

Leia também: Juliana Caldas fala da importância da discussão sobre nanismo em O Outro Lado do Paraíso

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ela é uma advogada, que acha que a mãe morreu, cresce em outro país, e em algum momento vai ter esse reencontro com a mãe”, diz a atriz, que está fazendo laboratório em família. “Meu pai é advogado, então ele está me dando umas dicas”. Enquanto não começa a gravar, Julia está aproveitando para descansar.

“Em Os Dias Eram Assim tive um trabalho muito intenso, então estou procurando relaxar um pouco”. Julia parece estar conquistando um espaço especial na dramaturgia. Ela estreou na TV na primeira fase de Em Família, fez a Alê em Boogie Oggie e viveu Maria Tereza na primeira fase de Velho Chico.

A boa atuação começou a lhe render trabalhos mais densos, como a prostituta Maiara, de Justiça, e a Nanda de Os Dias Eram Assim. “Eu fiquei muito surpresa. Depois de Velho Chico, que vivi uma mocinha clássica e sofredora aí veio uma prostituta em Justiça. Aí depois veio uma soro-positivo, e foi incrível. Eu aprendi muito e amadureci com esses trabalhos, acrescentou muito para mim como pessoa”, comemorou a atriz, que julga o último trabalho necessário para a sociedade. “Foi muito importante trazer esse assunto a tona, a AIDS foi esquecida e é um assunto que precisa ser falado. A gente queria muito que tivesse a visibilidade que teve”, avaliou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio