José Loreto deixa a Rede Globo

Ator foi marido da colega Débora Nascimento

Publicado há 3 dias
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mais um ator acaba de perder o benefício do contrato de exclusividade com a Rede Globo. Trata-se do ator José Loreto, que se revelou na emissora em Avenida Brasil (2012) e participou recentemente da novela O Sétimo Guardião (2018), veiculada no horário nobre da casa.

O desligamento do ator foi confirmado pela Globo ao portal NaTelinha nesta terça-feira (30). “Em sintonia com as transformações pelas quais passa nosso mercado, a Globo vem adotando novas dinâmicas de parceria com seus talentos. José Loreto tem abertas as portas da empresa para atuar em futuros projetos em nossas múltiplas plataformas“, informou o canal.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O próprio ator já se manifestou, ao mesmo veículo, sobre a questão. “Agora estou sem contrato, mas tenho as portas escancaradas com a casa. Desde 2011 não renovo automaticamente por causa de outro trabalho, mas é o normal do momento, da situação“, analisou.

Acho que, enquanto artista, sempre serei freelancer. Está tudo certo, vida que segue. Com certeza vou trabalhar na Globo, não quer dizer que estou desligado. Nunca tive esses contratos de três, cinco anos, como outros atores têm“, acrescentou o ex-marido da também atriz Débora Nascimento.

Fiquei com mais liberdade, isso me deixa mais motivado. Não gosto de ser peso para ninguém. Quero que uma pessoa que me contrate tenha mais satisfação do que gastos comigo. Não queria estar contratado sem trabalhar. Na hora certa, vou voltar para a casa“, prevê ainda.

Artista em ascenção

José Loreto estreou na Globo em 2005, como Marcão em Malhação. Depois de uma breve passagem pela Record TV, onde interpretou Scorpion na atualmente em reprise Os Mutantes (2008), ele voltou à emissora para se destacar como o abilolado Darkson em Avenida Brasil.

De lá para cá, tornou-se astro de primeiro time do plim-plim, obtendo papéis relevantes em tramas como Flor do Caribe (2013), Boogie Oogie (2014) e Haja Coração (2016). Uma elogiada participação na série Carcereiros (2019) foi seu último trabalho na casa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais