Jornalistas da Record TV acusadas de racismo são demitidos

Publicado há 7 meses
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quatro jornalistas da Record TV em Brasília foram demitidas da emissora na última segunda-feira (9), após o blog “Mundo Negro” divulgar conversas com cunho considerado racista de um grupo de WhatsApp no qual as profissionais faziam parte.

A informação foi divulgada pelo jornalista Leo Dias, em sua coluna na UOL. De acordo com o colunista, as jornalistas faziam parte de um grupo no WhatsApp chamado “Resistência” e trocavam mensagem fazendo comentários maldosos sobre a aparência de colegas negros da redação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Num dos textos, uma das repórteres chega a comparar os lábios da vítima com ânus e outra chama uma colega negra de “Patolino”, o pato preto da animação “Looney Tunes”.

As quatro foram demitidas nesta segunda-feira após a polêmica se tornar pública. Uma delas, segundo colegas, não fazia comentários na troca de mensagens mas acabou sendo demitida por integrar o grupo.

O Observatório da TV procurou a assessoria de imprensa da emissora, que disse que não vai comentar o caso.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais