IRRESPONSABILIDADE

Jornalista do SBT defende terroristas de Brasília e xinga Alexandre de Moraes: “Pobre de espírito”

Apresentador do SCC Meio-Dia afirmou que os criminosos que depredaram e saquearam o Congresso Nacional são pessoas de bem

Publicado em 11/01/2023

Nesta terça-feira (11), o jornalista Cláudio Prisco Paraíso, do SBT Santa Catarina, lamentou a prisão dos terroristas de Brasília (DF) que invadiram o Congresso Nacional no último domingo (8). Em seu discurso, o comentarista político defendeu os criminosos que roubaram objetos e depredaram as instalações do Supremo Tribunal Federal e ironizou o Ministro Alexandre de Moraes, afirmando que o magistrado é “pobre de espírito”.

“Esses são os terroristas, segundo o governo, Polícia Federal e tantos outros. Mil e duzentos, que estavam acampados diante do Quartel-General do Exército em Brasília, que foram presos, e que só hoje, depois de mais de 24 horas, sem banheiro, no calor, comida e bebida só receberam depois de 12 horas”, defendeu o jornalista durante edição do SCC Meio-Dia.

Na sequência, Cláudio Prisco Paraíso afirmou que os criminosos mereciam respeito e completou dizendo que os Direitos Humanos não estão sendo respeitados. “Várias pessoas passaram mal… Só hoje, que metade deles, mulheres, crianças, grávidas, idosos e doentes foram liberados… Esses são os terroristas, rezando durante a prisão, onde os Direitos Humanos não foram respeitados”, afirmou.

No final da reportagem exibida pela afiliada do SBT, o apresentador detonou o Ministro Alexandre de Moraes, afirmando que ele é a reencarnação do capeta. “Calhordice, canalhice, calhordice, canalhice e cretinice… É assim que se pode definir o comportamento deste tirano”, falou Cláudio Prisco Paraíso.