Jornalista de afiliada da Globo é ameaçado de morte

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um produtor da RPC TV, emissora afiliada da Rede Globo no Paraná, foi ameaçado de morte na última semana. Segundo o site Comunique-se, James Alberti faz parte da equipe de jornalismo da RPC e recebeu as ameaças por telefone, quando ele estava em Londrina apurando o suposto esquema de corrupção na Receita Estadual.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os intimidadores planejavam matar o James Alberti em um suposto assalto em uma churrascaria. Temendo pela vida, o jornalista foi obrigado a sair não só de Londrina, mas deixar o estado do Paraná. A RPC comunicou em nota que tomou uma série de medidas para gararntir a segurança e integridade física do profissional.

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), organização que tem James Alberti como um de seus diretores, cobrou rápida ação por parte do governo Beto Richa.

“A Abraji vem a público exigir que o governo paranaense apure com celeridade a procedência da ameaça e puna vigorosamente os responsáveis. É inadmissível, em um país democrático, que um jornalista seja obrigado a sair de seu local de residência e atuação profissional para não ser morto, por fazer seu trabalho e cumprir com a missão de informar a sociedade. Ameaçar qualquer jornalista de morte coloca em risco um dos direitos fundamentais de todos os cidadãos: a liberdade de expressão”, afirmou a Abraji.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio