Jornalista da Globo News solta comentário inesperado e causa ‘climão’

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta segunda-feira (8), um trecho de um dos momentos da cobertura que a Globo News realizou sobre o resultado das eleições começou a repercutir nas redes sociais por causa de um ‘climão’ que aconteceu ao vivo.

Leia: Mulher grita no ouvido de senhora durante entrevista ao vivo da Globo News

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Os políticos tradicionais perderam a eleição, mas vieram pastores, majores, comandantes. A gente não sabe o que eles pensam exatamente”, analisou Cristiana Lôbo, até ser interrompida por Merval Pereira.

Saiba mais: Jornalista da Globo News faz piada com Palmas e reação de repórter chama atenção

“Ator pornô. Um ator pornô também”, disparou o jornalista. Contudo, ao achar que não tinha sido ouvido, repetiu pela terceira vez o que dizia, até que o estúdio ficou em silêncio um tempo e Heraldo Pereira mudou de assunto.

Assista:

William Waack ironiza gafe vivida por Miriam Leitão na Globo News

A saber, no dia 3 de agosto, Jair Bolsonaro (PSL) foi entrevistado no Central das Eleições 2018, atração da Globo News, e inesperadamente declarou no formato que Roberto Marinho havia apoiado o golpe militar de 1964.

Contudo, no encerramento do formato, Miriam Leitão teve que falar um texto que foi ditado em seu ouvido que era uma resposta ao que foi comentado pelo político. O momento virou piada na web pela forma pausada na qual a jornalista disse o comunicado.

Entretanto, neste sábado (4), William Waack surpreendentemente compartilhou pelo canal do Painel WW, programa que o profissional comanda na web, um vídeo no qual aparece ironizando a forma como Leitão se pronunciou no canal pago e também aproveitou para dar uma alfinetada.

“Eu me lembro da minha primeira frase no primeiro minuto do primeiro programa, que eu tenho essa alegria enorme de trazer nas plataformas digitais: Eu não tenho chefe no ponto. Eu falo as coisas pela minha consciência”, disparou, enfim, Waack.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio