Jornalista da Globo detona ministro da saúde, chama de incompetente e pede humanidade

Natuza Nery e Maria Beltrão se emocionaram ao falar sobre a pandemia no Brasil

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As jornalistas Natuza Nery e Maria Beltrão se emocionaram ao falar sobre a situação do Brasil na pandemia do coronavírus. Durante o Estúdio i, da GloboNews, Maria Beltrão chamou a colega para falar sobre o atual cenário.

Cadê o estadista, o consolo? Cadê a humanidade? Está na hora de eu te chamar, Natuza, sei que você está chorando… não é a toa que faço uma oração. As pessoas tinham que ter uma aula de UTI“, disse Beltrão, segundo o UOL.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por sua vez, Natuza criticou a atuação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e do ministro da Saúde Eduardo Pazuello. “É isso que o presidente deveria fazer, o que o ministro da Saúde deveria fazer. Passar uma hora do dia da vida deles, uma vez só, para entender como as pessoas morrem. O sacrifício dos médicos de saúde, o que essas pessoas passam“, iniciou.

A comentarista pediu sensibilização pelas vidas tiradas. “E um presidente e um ministro, governador e prefeito e olha uma história dessa e não sente que tem o coração sendo rasgado. Onde fica a humanidade dessas pessoas? Num momento como esse, com mais de 1720 histórias por dia, não diz nada? Não faz nada?”, questionou.

“O mínimo que se poderia esperar de alguém no comando da saúde brasileira era de pelo menos, não estou mais pedindo nem competência. Porque acho que não tem e não vai ter, ele não será visitado pelo senhor da competência. Mas, pelo menos, humanidade. Mostrar que ele se importa. Mas nem isso”, concluiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio