Jornal Hoje noticia denúncia de agressão feita por atriz de Malhação contra Douglas Sampaio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na edição desta terça-feira (26) do Jornal Hoje, o informativo exibiu surpreendentemente uma matéria sobre a denúncia de agressão feita por Jennifer Oliveira, a Flora de Malhação: Vidas Brasileiras, contra o namorado, Douglas Sampaio, ator que venceu a oitava edição de A Fazenda.

Leia mais: Após atriz de Malhação denunciar agressão, autora pretende abordar o tema na novela

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A reportagem exibiu fotos do corpo da atriz com hematomas e destacou a postagem que ela fez pelo Instagram dando a versão dela do que aconteceu e um vídeo no qual Douglas declara que teve uma discussão, mas que irá provar que não agrediu Jennifer.

Veja: Entrada ao vivo falha e repórter da Globo na Rússia se desculpa no Jornal Hoje

“No depoimento à polícia, ela [Jeniffer] contou que levou socos, tapas e pontapés num bar na Zona Oeste da cidade [do Rio de Janeiro] diante de testemunhas depois de uma crise de ciúmes. Os investigadores agora vão buscar as imagens das câmeras de segurança desse bar”, informou a jornalista Renata Capucci durante o jornal.

Sandra Annenberg causa polêmica com comentário sobre a Rússia no Jornal Hoje

A saber, no último dia 15, Annenberg noticiou no JH sobre um ativista que foi preso na Rússia por estar se manifestando contra as leis anti-gays e a jornalista aproveitou para fazer outras observações sobre o país.

“Aliás, não é só durante a Copa que não pode se manifestar por aqui. Os protestos aqui no entorno do Kremlin são proibidos por uma lei federal”, destacou a famosa. “Não podemos esquecer que neste país a imprensa não é livre e os direitos humanos são constantemente desrespeitados”, disparou a profissional.

“Não se permite demonstrações públicas de afeto entre homossexuais. Lembro também que ontem o principal rival de Putin foi liberado depois de ficar detido por um mês porque organizou protestos contra o presidente, que foi reeleito pela quarta vez, está no poder há dezoito anos e ainda vai ficar até 2024”, concluiu a jornalista.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio