João Emanuel Carneiro revela em que se inspirou para escrever Segundo Sol

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A novela Segundo Sol entra na sua terceira semana e continua agradando o público da Globo. Com texto ágil, a trama de Luzia (Giovanna Antonelli) sensibilizou o telespectador, que já torce para que ela, de fato, tenha a oportunidade de reconstruir sua família e ser feliz. Porém, como essa história toda começou?

Em entrevista exclusiva ao Observatório da Televisão, o escritor João Emanuel Carneiro revelou qual deve ser o caminho da protagonista até o final. “A ideia inicial é uma família que foi destruída, estilhaçada e aí essa mulher quer reconstruir essa família, pegar os caquinhos do que já foi uma família um dia. E quem é esse homem? Quem é essa mulher? Quem é esse cantor de axé? Ele vem com a história dele e aí você vai juntando. Essa novela é um novelo mesmo, você vai juntando vários pedaços”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Cacau fica chocada ao rever Roberval 18 anos depois, em Segundo Sol, na Globo

Questionado sobre a origem das tramas, de onde vem a inspiração, Carneiro explicou que Michael Jackson, morto em 2009, também serviu de fonte criativa. “Para a história do Beto Falcão tem um pouco a ver com o que aconteceu com o Michael Jackson. Li que ele faturou mais na semana que morreu do que uns dez anos antes, mas também vários outros artistas passaram a ficar mais conhecidos com a morte”, disse ao jornalista André Romano.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio