Jéssica do No Limite, explica seu jogo após união da tribo: “Continua individual”

Participante diz que é impossível formar grupos nessa fase do jogo

Publicado em 8/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jéssica Mueller foi uma participante que deu o que falar no episódio de terça-feira (6). Ela foi acusada de trair sua equipe ao votar em Kaysar para que ele fosse eliminado. O que surpreendeu até mesmo o participante que nunca se deu muito bem com ela.

Em entrevista ao Gshow, ela comentou que deu preferência às mulheres e não aos colegas da Tribo Calango: “Na verdade, a conversa sobre as mulheres se unirem partiu de mim quando as tribos se juntaram e elas toparam a união. Mas não ficou bem nenhuma estratégia”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para Jéssica, a estratégia de salvar os grupos não se manterá por muito tempo, pois vão ter que votar um nos outros para se salvarem: “Não será levado adiante até porque Carol Peixinho votou em Paula assim que disse que se uniria às mulheres. Então, naturalmente, o jogo continua individual”.

“Carcará está mais unida e isso dificulta montar uma união entre mulheres nessa altura do jogo. E vida que segue no acampamento”, finaliza Jéssica, dando a entender que vai continuar a fazer o seu jogo até o momento quem que ela seja eliminada ou até à final.

A cobertura completa de No Limite você confere no Observatório da TV e em nosso canal no Youtube

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio