“Jamais pensaria em largar a igreja”, diz Andressa Urach no Luciana By Night

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Prestes a lançar seu segundo livro, Desejos da Alma, Andressa Urach abriu o coração ao falar do conteúdo de sua nova obra durante participação no Luciana By Night desta terça-feira (8), na RedeTV!.

Ela falou sobre as dificuldades encaradas em sua caminhada cristã. “Vim do vício da cocaína, da prostituição, do masoquismo. Depois da minha conversão, achei que não fosse mais errar, mas errei”, desabafa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para Gimenez, ela revelou também do que foi mais sofrido se desprender ao se converter: “Foi muito difícil me distanciar de pessoas que eu amava por escolher um novo caminho. Chorava muito no início, porque tive que abrir mão de todos os meus amigos. Você tem amigos que vivem em balada e que usam drogas, mas não tem como [continuar convivendo] porque está curando um vício em cocaína”, pontua.

Ela se afastou, inclusive, de seu antigo assessor de imprensa por não almejar mais a fama. “Uma vida sexual ativa também [foi difícil]. Era uma das coisas mais complicadas [de ficar sem] para mim”, admitiu.

‘Desconvertida’, eu?

No quadro Verdade ou Mentira, Urach revelou também que, antes da conversão, pensou várias vezes em se matar. “Achava que, se eu morresse, ia ter paz. Por várias vezes eu cheguei no sétimo andar do meu apartamento e pensando: ‘vai, te mata, é melhor tu morrer’.”

A ex-modelo aproveitou ainda a ocasião para negar os boatos de que estaria se ‘desconvertendo’ da religião evangélica. “Jamais pensaria em largar a igreja. Eu tinha uma vida de fundo do poço, porque era um ser humano vazio. E hoje eu tenho vida“, assegurou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio