Isabela Garcia já sabia que Judith era a assassina de O Sétimo Guardião

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muita gente se surpreendeu quando, na semana passada, vazou pela imprensa que Judith era a identidade por trás do serial killer que vem apavorando a irmandade de O Sétimo Guardião. A atriz Isabela Garcia, no entanto, definitivamente não esteve entre esse grupo.

De acordo com informações da coluna de Flávio Ricco, a intérprete da assistente de Egídio (Antonio Calloni) ficou sabendo dois meses atrás que sua personagem era a assassina da história.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O próprio autor da trama, Aguinaldo Silva, solicitou ao diretor artístico Rogério Gomes que ‘informasse’ Isabela do fato. Tudo isso para que, nas gravações que se seguiriam, ela e o diretor pudessem explorar novas nuances de Judith, as quais já indicariam esse lado ‘tenebroso’ que ela revelará completamente só no capítulo final, programado para ir ao ar nesta sexta-feira (17).

Gabriel (Bruno Gagliasso) descobrirá que Judith é a matadora dos guardiões ao flagrá-la tentando envenenar o padre Ramiro (Aílton Graça). A loira então revelará que matou cinco dos guardiões a pedido de Egídio. O objetivo dela, porém, era assassinar todos os sete. Como falhou em sua missão, a própria Judith se punirá, suicidando-se com o mesmo veneno que pretendia dar a Ramiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio