“Inventaram que eu chegava de jatinho”, diz Sandy sobre época de Estrela-guia

Novela de Ana Maria Moretzsohn chega ao Globoplay nesta segunda-feira (6)

Publicado há um mês
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta segunda-feira (6), Estrela-guia entra para o catálogo do Globoplay, como parte do projeto de resgate de novelas clássicas pela plataforma. Exibida em 2001 às 18h pela TV Globo, a novela de Ana Maria Moretzsohn tem apenas 83 capítulos e teve direção de núcleo de Denise Saraceni.

A edição de 24 de julho de 2018 do programa Fofocalizando, do SBT, apresentou uma entrevista com a atriz e cantora Sandy. Na ocasião, ela relembrou a época de Estrela-guia, quando a imprensa publicou diversas fake news a seu respeito.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sandy recordou os boatos dos quais fora vítima quando gravava a novela, que foi sua primeira e, até hoje, quase 20 anos depois, a única. Pelo menos se considerarmos trabalhos em que interprete uma personagem e não a si mesma, e apareça substancialmente.

“Eu tinha 18 anos e não tinha estrutura para lidar com isso, eu fiquei muito chateada… Inventaram que eu, quando fazia a novela, não falava com os meus colegas, que eu almoçava separada deles, que eu chegava de helicóptero, de jatinho e que pousava em lugar especial, que eu não me misturava, que não sei o que…”, afirmou a cantora.

“Tudo mentira que me deixou p*ta. É tudo tão contrário do que era a realidade que até os atores se revoltaram”, disse Sandy, que participou de uma novela pela última vez em 2015, quando viveu ela mesma em I Love Paraisópolis, de Alcides Nogueira e Mário Teixeira.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais