Ídolo do Corinthians, Marcelinho Carioca negocia contrato para ser comentarista da Globo em 2020

Publicado há um ano
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um dos maiores ídolos do Corinthians, onde acumulou três passagens e foi campeão Mundial pelo clube paulista, além de ganhar dois campeonatos brasileiros, o ex-jogador Marcelinho Carioca está negociando com o Grupo Globo um contrato para ser comentarista fixo da emissora a partir de 2020.

Segundo apurou o Observatório da Televisão, o “pé de anjo”, como é conhecido, está sendo testado no programa Acabou a Brincadeira, exibido na hora do almoço pelo SporTV. Ele fez recentes participações nas últimas semanas, a mais recente delas na última segunda-feira (25). Seu desempenho é bastante elogiado internamente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Marcelinho seria uma das novidades que a Globo prepara para o seu Esporte no ano que vem. Um diferencial do ex-jogador é que Marcelinho é o único aposentado do futebol que se formou em Jornalismo após o fim da carreira. Em 2017, ele terminou o curso na Faculdades Integradas Rio Branco, de São Paulo.

Não seria uma novidade caso, de fato, Marcelinho assine com a Globo ele trabalhar em televisão. Em 2007, o ídolo corintiano foi contratado pela Band e virou comentarista de programas esportivos, como o Jogo Aberto, de Renata Fan. No entanto, foi demitido naquele mesmo ano.

Caso aceite, a proposta é que Marcelinho Carioca atue em jogos e programas do Grupo Globo, com foco em atrações do SporTV. Procurada para comentar o fato, a Comunicação da Globo disse que a informação não procede e que não existe negociação.

Marcelinho Carioca teve uma carreira vitoriosa no futebol

Revelado pelo Flamengo no ínicio dos anos 90, Marcelo Pereira Surcin, ou Marcelinho Carioca, jogo no Corinthians em três ocasiões. Entre 1994 e 1997, entre 1998 e 2001 e em 2006. O seu melhor período ocorreu nas duas primeiras passagens, onde conquistou o carinho da Fiel.

Foram quatro Campeonatos Paulista (1994, 1997, 1999 e 2001), dois Campeonatos Brasileiros (1998 e 1999), uma Copa do Brasil (1995), um Mundial de Clubes (2000), uma Copa Bandeirantes (1994) e o Troféu Ramón de Carranza, na Espanha, em 1996.

Também foi campeão por outros clubes. No Flamengo, foi campeão brasileiro em 1992, da Copa do Brasil em 1990 e do Campeonato Carioca de 1991. No Vasco, foi campeão carioca em 2003. Já no Santo André, clube onde encerrou a carreira, conquistou a Série A2 do Campeonato Paulista.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais